jump to navigation

Manifestações contra o fim do Loser Manos 27/04/07

Posted by Calsavara in Bobagens diversas, Entretenimento, Música.
add a comment

Não tardou para começarem as primeiras manifestações contra o fim do grupo de MPBDeprê, Loser Manos.

Meia-barba

“Eles só deram um tempo. Tenho certeza que o Amarante e o Camello vão chegar a um consenso em breve. Estou tão triste por não poder mais ficar triste que quero me matar. Mas como não tem mais Loser Manos não consigo ficar deprimido o suficiente para isso. Por isso, cortei minha meia-barba na esperança que eles voltem logo. Se cortasse inteira, ia demorar uma vida pra crescer de novo”, declarou Ivan Lins, que desde que a Prima Vera se foi só toca teclado nas teclas brancas .

Anúncios

Acabou!!! Acabou!!! Acabou!!! 27/04/07

Posted by Calsavara in Bobagens diversas, Comportamento, Cotidiano, Crônicas, Entretenimento, Música.
2 comments

Tô atrasado, tá bom… Por isso nem vou escrever nada sobre o fim do grupo Loser Manos.

Vou é copiar descaradamente um dos posts do Ressaca Moral. Fantástico. Um dia eu escrevo igual a eles…

*********

Ressaca Moral fez uma devassa no escritório falido dos Los Hermanos e descobriu a fórmula para ser um Amarante! Confira a seguir como fazer uma música dos Los Hermanos:

Início
Essa parte não é a mais importante. Nela você pode falar qualquer bobagem sem precisar levar em conta o que será dito adiante, mas é válido que traga algo misterioso, uma pergunta pretensiosa com cara de ingenuidade. Atenção: é preciso, a cada dois ou três versos, levantar o tom na última palavra. Nunca chore ainda.

Lá vem você de novo
E eu que pretendia açúcar
De doce tive teu segredo
Inaugura aqui teu carnaval… Laiá…

Desenvolvimento I
Esse trecho tem peso porque pode servir pra alguma frase expressiva que será cantada pelo público feminino ou lembrada em about me’s do Orkut. Portanto, fique atento. É preciso levar em conta que o trombone surgirá oportunamente, mas ainda discreto, pois será guardado em sua punjança para outro momento. Pode ser a hora de aproveitar, também, para uma palavra mais longa, que vire um mero canto sem sentido acompanhada de uma nota menor, para dar mais emoção.

Deixa eu fazer o que há de bom
Tatua-me seco em prosa vil
Nesse samba que é tão triste
Sobe o morro mas não esquece de voltar*
(Seguir com ‘aaaar’)

Refrão
É aqui que tudo se materializa. Misture um monte de palavras, priorizando o tom intimista (se possível, use essa palavra em algum momento, pega bem) e um quê de lamento por qualquer coisa. A voz fica suspensa em uma nota por um longo instante e chega a ranger um pouco, como um cio de hipopótamo, voltando em seguida a uma leve picardia, uma ironia que faz doer no coração alheio sem comprometer o sentimento dela por você.

Que tal? Comprei para você
Só tinha dessa cor
Que tal? Hoje não errei o Português
Finge que é falar sem dor
Pra você

Desenvolvimento II
Esse trecho é uma espécie de complemento à música, algo que Camelo esqueceu de dizer e que recorda como um gênio que achou moeda perdida no bolso. Se fizer bem feito, você poderá até mesmo apelar para algo mais provocante, escatológico, sujo, como que para demonstrar a lama em que se meteu por um amor. No final, a frase lúgubre dá a entender que sofrer vale a pena.

Bota teu sapato preto
Aquele de listra em cor
Só quem traz no peito a fúria branca
da tormenta sabe o quanto o mar é…
bravio*!!

(*Segue com essa palavra até o final. Os metais entram incisivos, o pânico corre solto, as guitarras ficam ácidas, perigosas, atacam de vez o ouvinte. Pode-se ouvir o choro de uma flauta-doce. Refrão. Termina repetindo os dois últimos versos do Desenvolvimento II. Fim.)

Romário 1.000 gols – a eterna busca 27/04/07

Posted by Calsavara in Bobagens diversas, Comportamento, Cotidiano, Entretenimento, Esportes, Futebol, Música.
add a comment

O quase ex-jogador de futebol, quase ex-craque, ex-traordinário, ex-petacular, ex-emplar, ex-perançoso, ex-pectativante, Romário foi se encontrar com o ex-BBB e ex da ex-BBB Grazi Massafera numa boate gay. Ele ouviu dizer que lá tem bola pra tudo quanto é lado. Cada frequentador tem, pelo menos, duas.

romario-gay.jpg

Talvez ele esteja esperando sobrar uma pelota pra poder botar pra dentro… Saiu na Globo.com.

Agora dá pra entender porque a Grazi largou mão do DJ…

He-Man mostra os dotes 24/04/07

Posted by Calsavara in Bobagens diversas, Cinema, Música.
add a comment

Calma, calma… Não é nada disso que você está pensando.

O Príncipe Adam é muito mais do que você pensa. Além de defender o mundo das ameaças ameaçadoras do Esqueleto, ele ainda se dedica à música. Duvida? O Queen regraviou um dos sucessos dele:

E mais uma, agora de 4 Non Blondes:

Nas horas vagas, o loiro também se dedica ao cinema. Pena que o seu roteiro original só tenha virado filme quase duas décadas depois.

Fim de semana esportivo 23/04/07

Posted by Calsavara in Esportes, Futebol, Games.
1 comment so far

Fazia tempo que eu não tinha um final de semana tão esportivo. Lógico que eu mesmo fiz quase nada, a menos que limpar a casa, lavar a roupa e namorar sejam também considerados esportes…

Primeiro, Paulistão. 

No sábado, a banana comeu o macaco. O São Caetano, franco atirador, fuzilou* o São Paulo em pleno Morumbi. 4 x 1 de virada, com direito a um sarrinho do técnico do ABC pra cima do Muricy (que aliás é um pedante de mão cheia). “Caiu de quatro”, como chamou a Gazeta Esportiva.

No domingo, uma chuva torrencial castigou o mesmo palco. Chovia tanto no começo do jogo entre Santos e Bragantino que o narrador da Band, o cabriocável Luciano do Valle, disse que não era uma tromba d’água, mas “um elefante inteiro”.

santos22.jpg

O Bragantino bem que tentou, mas o 0 x 0 classificou o Santos. Graças, em muito, a Fábio Costa.

E teve também a Red Bull Air Race, na enseada do Botafogo, RJ. Coisa de maluco? Insanidade? Loucura? Sei lá. Só sei que foi muito legal ver os pilotos literalmente voando baixo e fazendo suas acrobacias para um público de cerca de 1 milhão de pessoas! Deu até vontade de instalar meu Flight Simulator de novo só pra tentar fazer algo parecido.

Domingo de manhã teve Stock Car. A prova de abertura da temporada foi em Interlagos. Novidades na categoria. Agora os bólidos estão tunados, com galões de Óxido Nitroso (o famoso NOS que os manos colocam no Passatão).

noslogo.gif

Ricardo Maurício ficou em primeiro, seguido por Felipe Maluhy, Daniel Serra e Hoover Orsi. Cacá Bueno, filho da Véia Loca, chegou em sétimo lugar.

Domingo de tarde, durante o Santos x Bragantino, a ESPN passou um dos jogos da semifinal da Heineken Cup de Rugby. London Waps contra Northampton Saints. Mas o jogo é tão confuso, e o site oficial da competição não foge à regra, que não consegui encontrar nem sequer o resultado final da partida.

Agora a cereja no bolo foi mesmo na noite de domingo. Depois de passar dois dias maravilhosos com a minha lindinha, pude assistir a um dos maiores clássicos do esporte mundial. New YorkYankees contra Boston Red Sox.  Sabe rivalidade? Palmeiras x Corinthians? Vasco x Flamengo? Cruzeiro x Atlético? Tuna Luso x Remo? Boca Jrs. x River Plate? Esqueça! Talvez o sentimento mais próximo seja Brasil x Argentina. Clássico. CLÁSSICO!!!

Era o primeiro jogo dela. E que jogo pra começar. Perdendo por 3 a 0, o time de Boston conseguiu uma virada espetacular, histórica mesmo, no 3o. inning.

Foram 4 home runs em seqüência. Nunca na história da franquia dos “Meias Vermelhas” isso havia acontecido. O left fielder Many Ramirez, o right fielder J. D. Drew, o terceira base Mike Lowell e o catcher Jason Varitek brincaram de Home Run Derby no Fenway Park. Pobre do pitcher Chase Wright, que teve seu segundo jogo marcado por um ERA de 7,88. O placar final foi de 7 a 6 para o Boston, com um clean sweep de três jogos contra os rivais Yankees em casa.

E o melhor de tudo? A Paty gostou do baseball! Tomara que possamos assistir a muitos jogos juntos, quem sabe até mesmo num estádio lá nos EUA, quem sabe?

Colombianos se “agam” de medo de vulcão! 18/04/07

Posted by Calsavara in Bobagens diversas, Internet, Jornalismo.
add a comment

vulcao.jpg

Eu também ia evacuar, forçado ou não, se tivesse um vulcão em erupção perto de casa. 

Deu no Globo.com. Duvida?

Até eles mudarem o título…

Enquanto isso, em Brasília… 17/04/07

Posted by Calsavara in Bobagens diversas, Candidatos, Comportamento, Cotidiano, Eleições, Política.
add a comment

[odeo=http://odeo.com/audio/11177543/view]

Lembra da carta que eu mandei aos digníssimos representantes do povo na capital do país? Pois é, até agora nenhuma resposta… Mas até dá pra entender. Dá uma olhada no quórum da câmara nessa última segunda-feira:

deputados.jpg

Lá vai o Brasil, descendo a ladeira…

O gol contra é mais bonito? 16/04/07

Posted by Calsavara in Comportamento, Esportes, Futebol, Vícios.
add a comment

Estou oficialmente de férias no futebol. Meu Palmeiras só volta a jogar pelo Brasileirão; meu Londrina só vai voltar a jogar futebol quando implodirem o clube e reconstruirem tudo do zero; o Romário aidna não decidiu com quem vai ser o amistoso arranjado pra ele não marcar o gol 1.000… Mas pra quem gosta do esporte, qualquer jogo é jogo.

Não pude assistir ao jogo São Paulo x São Caetano ontem, mas vi que o jogo terminou em empate graças a um golaço contra do Bicharlyson. Isso me fez pensar numa coisa: os gols contra são mais bonitos?

Seja pelo fator surpresa (nenhum goleiro espera tomar um gol contra), seja pelo inusitado, os goles contra a mim parecem ser os mais esteticamente belos. Neles há sempre algum detalhe a mais, um goleiro pego no contrapé, um lance por cobertura, uma beleza a mais. Por falar em beleza, preste atenção no golaço contra de chaleira dos 3’20” do vídeo abaixo. Duvido que o jogador marcasse um tento assim pela sua seleção, ou mesmo a favor do seu clube. Outro momento sensacional se passa bem no comecinho, aos 17″, quando o zagueiro dá um lençol no atacante (?!?!) e encobre o seu próprio goleiro. Majestoso!

Agora, não tem como falar de um dos coles contra mais espetaculares, mais plásticos, mais fantásticos de todos os tempos. O do Oséas contra o Corinthians. Tudo como manda o manual: cabeceando pra baixo pra tirar o goleiro do lance. Sublime…

O que realmente me assusta nesta sexta-feira 13 13/04/07

Posted by Calsavara in Candidatos, Comportamento, Cotidiano, Eleições, Política.
1 comment so far

Escrevi uma carta a todos os deputados federais. O texto segue abaixo. Alguns dados foram omitidos por não serem relevantes aqui.

**************

Olá, nobres legisladores e legisladoras.

Como cidadão não posso me furtar a comentar sobre a intenção de aumento dos vencimentos dos membros dessa casa. O reajuste proposto é o da inflação, e se aplicado fará o salário dos excelentíssimos edis atingirem a marca de mais de R$16 mil.

Uma simples pergunta: quando foi a última vez que o salário mínimo recebeu um reajuste como esse, de mais de 25%?

O atual salário mínimo brasileiro é de R$350. Segundo o DIEESE, um assalariado precisa trabalhar 114 horas e 30 minutos para poder comprar a cesta básica. Isso dá cerca de 15 dias de trabalho (supondo que um trabalhador médio trabalhe 5 dias na semana). Fazendo umas contas básicas, é possível perceber que que um assalariado recebe cerca de R$1,60 / hora trabalhada. Os R$182,15 dispendidos na compra da cesta básica representam cerca de 52% do orçamento. Ou seja, um trabalhador assalariado, segundo os dados do DIEESE, gasta mais da metade do seu mês trabalhando apenas para comprar a cesta básica (que os nobres deputados sabem que não contempla mais as necessidades básicas do cidadão).

Os nobres colegas têm uma escala de trabalho mais, digamos, flexível. Seguindo a mesma linha de raciocínio, um deputado precisaria, para comprar a mesma cesta básica, trabalhar cerca de 3 horas (?!?!). Isso supondo que um deputado siga a mesma escala de horário utilizada na base de cálculo, de 220 horas mensais. É uma ingenuidade de minha parte pensar que os nobres deputados trabalhariam durante 220 horas/mês. Eu trabalho cerca de 240 horas/mês e sei que não é nada fácil.

Eu sei também que é uma comparação pouco prática, mas serve como uma base de análise. Enquanto um trabalhador assalariado precisa trabalhar cerca de 114 horas pra comprar uma cesta básica, com o aumento proposto pelos nobres deputados vocês precisariam trabalhar apenas 3 horas!!!

Me mostrem, por favor, a necessidade desse aumento. Para que haja uma maior transparência, vou detalhar meus ganhos para que vocês se sintam à vontade para detalhar os de vocês.

Eu tenho dois empregos. Em um deles, recebo um salário de R$censurado. No outro, a remuneração é de R$censurado. E só, sem direito a vale-refeição, vale-transporte ou qualquer outro benefício. Minha remuneração anual, desprezando eventuais descontos, gira em torno de R$censurado.

Se sintam à vontade para fazerem agora a sua contraparte. Por favor, me detalhem quanto os nobres deputados recebem durante o perído de um ano, contando os salários, ajudas de custo (terno, passagens, moradia, combustível, verba de gabinete, etc.), convocações extraordinárias, jetons e tudo o mais que compôe a tabela de vencimentos.

Em plena sexta-feira 13 é isso que me assusta. Não tenho medo de gatos pretos, de bruxarias, de maldições, de maus agouros. Tenho medo disso, de viver num país onde há essa discrepância. Resumindo, o que eu ganho em um ano de trabalho, os nobres colegas recebem em menos de dois meses!!!

Aguardando breve e sincera resposta, subscrevo-me.

Atenciosamente,

Fábio Calsavara
  Londrina-PR

****************

Foi registrado um protocolo. Vamos ver qual será a resposta de cada um deles.

Agora tá explicado 13/04/07

Posted by Calsavara in Bobagens diversas, Esportes, Futebol.
add a comment

E no final parece que a culpa pela falta do gol 1.000 não é só do Romário.

COMUNICADO

A Volkswagen do Brasil comunica que devido a problemas diversos a produção do GOL 1000 foi temporariamente suspensa. Segundo os nossos engenheiros, a produção deverá estar normalizada no mês de maio de 2007.

Grato pela compreensão,

Sr. R.Faria – Superintendente de Produção