jump to navigation

Da dor de se perder um amigo… 15/02/07

Posted by Calsavara in Amigos, Comportamento, Cotidiano, Família, Infância.
6 comments

Os amigos são sua segunda família. É verdade. Pai e mãe, cabe à natureza providenciar. Ou ao destino, sei lá… E com certeza, cabe aos avós!

Avós, cabem à natureza, ao destino e aos bisavós providenciar. E assim, verticalmente, vai. Horizontalmente também, já que os seus avós, provavelmente, não tiveram só seus pais. Cada um dos irmãos dos seus pais, também conhecidos como tios (ou tias, se forem irmãs), também terão seus respectivos filhos (ou filhas), também conhecidos como primos (ou primas).

Os amigos, ah, esses não dependem da natureza ou do destino. Esses somos nós mesmos quem escolhemos. Tá bom, tá bom. A natureza e o destino se encarregam de colocar você em diferentes lugares e diferentes situações, para conhecer pessoas diferentes. Mas a escolha de um amigo, essa nos é pessoal e intransferível.

Eu, por exemplo, tenho amigos no Japão, na Espanha, no Equador, no Acre, em Guarapuava, em  Londrina, em Goiânia, em Ivaiporã e em mais um monte de lugares. Mas todos eles têm alguma coisa em comum: eu os escolhi como amigos.

A natureza e o destino podem nos “presentear” com os espécimes familiares mais diversos dentre a fauna de Homo Sapiens disponíveis. Um primo maconheiro, uma prima duas caras, uma tia louca e um tio pastor que dança funk; por exemplo. Um tio que morreu de bêbado, uma tia hipocondríaca, um primo afeminado e uma prima infantilóide; outro exemplo. Pai amoroso, mãe maravilhosa, irmã exemplar; mais um exemplo.

Mas todos eles já estavam aqui antes de você chegar. Ou pelo menos boa parte deles. Então, você não teve nenhum poder de escolha sobre eles. Senão, você trocaria uma tia louca por outra sã. Ou a prima infantilóide por uma outra mais, digamos, “interessante”…

Os amigos não. Salvo alguma fenda no espaço-tempo, os seus amigos são todos contemporâneos a você. Você é junto com eles, você está junto com eles. Você vive na mesma época que eles.

Quando um primo ou uma tia resolve virar do avesso e não lhe dar mais as fuças, é uma situação chata. Mas que você consegue contornar, afinal, há laços de sangue. Por mais que um irmão odeie sua irmã, é provável que, em algum momento, eles voltem a se falar.  Por isso eu não acredito que alguém possa “perder” um parente.

Agora, quando um amigo seu decide ir embora e não falar mais com você, isso é muito doloroso. Quando isso acontece porque você o fez antes, e foi embora e não falou mais com ele, isso é pior ainda…

Parente é como bumerangue, por mais que você o jogue longe, ele sempre volta. Pode demorar, mas volta.

Amigos, nem sempre…

A todos os meus amigos: eu os amo!!! A todos, indistintamente!!! Vocês, a quem eu escolhi como minha segunda família, são uma parte muito importante da minha vida!!! Amigos com quem tenho um relacionamento próximo, outros com quem perdi um pouco do contato, alguns com quem perdi quase todo o contato, um ou outro com quem não troco mais palavra: eu os amo!!!

Deus os abenções a todos vocês, parte imprescindível da minha existência!!!

Anúncios

Quer vender seu produto??? 9/02/07

Posted by Calsavara in Bobagens diversas, Crônicas, Entretenimento, Publicidade.
1 comment so far

Então faça como Tom Dickson, garoto-propaganda da Blendtec. Ele representa uma marca de liqüidificadores. Mas não são liqüidificadores comuns. São Blendtec Blenders. O que isso quer dizer? Que com eles você pode moer coisas, desde um iPod até mesmo ímãs.

O primeiro comercial que eu vi foi justamente o do iPod. Não botei fé, mas, enfim… está documentado em vídeo e no YouTube. Nos dias de hoje, é condição necessária e suficiente para atestar a veracidade de quase tudo.

Tá com preguiça de procurar as outras coisinhas que o mancebo transformou em pó? Dá uma olhada aqui pra baixo…

(mais…)

Conhece o Mário? 8/02/07

Posted by Calsavara in Comportamento, Entretenimento, Games, Infância, Vícios.
add a comment

Então, eu estou começando minha coleção de videogames. Já tenho um Tele-Jogo, um Telejogo II, um Odyssey e um Atari. Desisti de achar um Coleco Vision funcional (se você souber de algum, me fale nos comments). Meu Intellivision já tá “quase”pago, chega em mais umas duas semanas. Encomendei um Top Game (clone do NES) pra poder jogar Super Mario. Você conhece?

Então, como tem louco pra tudo nesse mundo, achei um coreano que toca o tema do jogo do Mario em duas guitarras ao mesmo tempo (?!). Dá uma babada…

E esse aqui é um “live action” do jogo encenado numa escola americana. Por que no Santa Olga não tinha isso???

E pra finalizar, aqui você encontra um CD feito com as músicas do jogo Super Mario World. Não lembra? Clica aqui, espera abrir e ouça a música 4, depois volta a falar comigo…

Eu te amo!!! 8/02/07

Posted by Calsavara in Mulheres.
1 comment so far

p1010190.JPG

 

 TE AMO, LINDA!!!

Isso eu vi ao vivo… 6/02/07

Posted by Calsavara in Bobagens diversas, Comportamento, Cotidiano, Entretenimento, Esportes, Futebol, Jornalismo, TV.
add a comment

Graças a Deus vivemos num país livre!!!

E eu fazendo jornalismo… 6/02/07

Posted by Calsavara in Bobagens diversas, Comportamento, Entretenimento.
add a comment

(clica na imagem pra ver grande…)
leitura.jpg
Como já dizia Jorge Benjor, “pra acabar com a malandragem, tem que prender e comer todos os otários”. Agora, quando sua mulher for naquele acampamento de ciganos para que eles possam “ler o futuro”, pode ficar tranqüilo que ela vai receber um tratamento mais do que especial…

Mulheres são cruéis… 3/02/07

Posted by Calsavara in Comportamento, Crônicas, Música, Mulheres.
3 comments

A primeira vez que eu ouvi essa música, achei de um balanço irresistível, quase um reggaezinho com uma batida diferente.

A primeira vez que eu assisti ao clipe dessa música, eu achei a moça uma grandessíssima de uma filha da puta.

A primeira vez que eu parei para ler a letra dessa música, eu entendi o que se passava com ela.

Ficou uma lição: mulheres são cruéis…

******************************

Lilly Alen – Smile

When you first left me
I was wanting more
But you were fucking that girl next door
What’cha do that for? (What’cha do that for?)

When you first left me
I didnt know what to say
I’ve never been on my own that way
Just sat by myself all day

I was so lost back then
But with a little help from my friends
I found the light in the tunnel at the end

Now you’re calling me up on the phone
So you can have a little whine and
a moan
And it’s only because you are feeling alone

At first when I see you cry
It makes me smile
Yeah it makes me smile
At worst I feel bad for a while
But then I just smile
I go ahead and smile

Whenever you see me
You say that you want me back (Want me back)
And I tell you it don’t mean jack (It don’t mean jack)
No it don’t mean jack (No it don’t mean jack)

I couldn’t stop laughing
No I just couldn’t help myself
See you messed up my mental health
I was quite unwell

I was so lost back then
But with a little help from my friends
I found the light in the tunnel at the end

Now you’re calling me up on the phone
So you can have a little whine and
a moan
And it’s only because you’re feeling alone

At first when I see you cry
It makes me smile
Yeah it makes me smile
At worst I feel bad for a while
But then I just smile
I go ahead and smile

Lalalalalalalalalalalalala

At first when I see you cry (When I see you cry)
It makes me smile (It makes me smile)
Yeah it makes me smile (Yeah it makes me smile)
At worst I feel bad for a while (I feel bad for a while)
But then I just smile (But then I just smile)
I go ahead and smile (I go ahead and smile)
Lalalalalalalalalalalalala (BG)

At first when I see you cry (When I see you cry)
It makes me smile (It makes me smile)
Yeah it makes me smile (Yeah it makes me smile)
At worst I feel bad for a while (I feel bad for a while)
But then I just smile (But then I just smile)
I go ahead and smile (I go ahead and smile)

O Blog do Calsa tá podendo… 2/02/07

Posted by Calsavara in Crônicas.
3 comments

Estamos nos links patrocinados da Editora Abril. Duvida?

Ééééééééééééééééééé… ééééé do Brasiiiiiiiil!!! 2/02/07

Posted by Calsavara in Bobagens diversas, Copa, Entretenimento, Esportes, Futebol, Jornalismo, TV.
1 comment so far

Aumente beeeeeeeeeeeeem o seu volume e pode rir à vontade… 

Ê, larí lará… Galvão Bueno mostrando toda sua delicadeza… “Só se eu der uma marretada na cabeça dele”…

A notícia é velha… Mas é notícia! 2/02/07

Posted by Calsavara in Bobagens diversas, Comportamento, Crônicas, Família, Jornalismo.
1 comment so far

“EMERGÊNCIA HOSPITALAR
Chefe no Brasfels é socorrido
com pepino enfiado naquele lugar”

01-capajornal.jpg

O melhor de tudo é a mulher do cara explicar que ele “não era veado”, e o próprio dizer que “tudo aconteceu num monento de fraqueza”… Agora, ô fraqueza bem dada, hein? Pro cara escolher um pepinão de 25×8, devia estar numa fraqueeeeeeza…

Copiado do O Torto.