jump to navigation

Da dor de se perder um amigo… 15/02/07

Posted by Calsavara in Amigos, Comportamento, Cotidiano, Família, Infância.
trackback

Os amigos são sua segunda família. É verdade. Pai e mãe, cabe à natureza providenciar. Ou ao destino, sei lá… E com certeza, cabe aos avós!

Avós, cabem à natureza, ao destino e aos bisavós providenciar. E assim, verticalmente, vai. Horizontalmente também, já que os seus avós, provavelmente, não tiveram só seus pais. Cada um dos irmãos dos seus pais, também conhecidos como tios (ou tias, se forem irmãs), também terão seus respectivos filhos (ou filhas), também conhecidos como primos (ou primas).

Os amigos, ah, esses não dependem da natureza ou do destino. Esses somos nós mesmos quem escolhemos. Tá bom, tá bom. A natureza e o destino se encarregam de colocar você em diferentes lugares e diferentes situações, para conhecer pessoas diferentes. Mas a escolha de um amigo, essa nos é pessoal e intransferível.

Eu, por exemplo, tenho amigos no Japão, na Espanha, no Equador, no Acre, em Guarapuava, em  Londrina, em Goiânia, em Ivaiporã e em mais um monte de lugares. Mas todos eles têm alguma coisa em comum: eu os escolhi como amigos.

A natureza e o destino podem nos “presentear” com os espécimes familiares mais diversos dentre a fauna de Homo Sapiens disponíveis. Um primo maconheiro, uma prima duas caras, uma tia louca e um tio pastor que dança funk; por exemplo. Um tio que morreu de bêbado, uma tia hipocondríaca, um primo afeminado e uma prima infantilóide; outro exemplo. Pai amoroso, mãe maravilhosa, irmã exemplar; mais um exemplo.

Mas todos eles já estavam aqui antes de você chegar. Ou pelo menos boa parte deles. Então, você não teve nenhum poder de escolha sobre eles. Senão, você trocaria uma tia louca por outra sã. Ou a prima infantilóide por uma outra mais, digamos, “interessante”…

Os amigos não. Salvo alguma fenda no espaço-tempo, os seus amigos são todos contemporâneos a você. Você é junto com eles, você está junto com eles. Você vive na mesma época que eles.

Quando um primo ou uma tia resolve virar do avesso e não lhe dar mais as fuças, é uma situação chata. Mas que você consegue contornar, afinal, há laços de sangue. Por mais que um irmão odeie sua irmã, é provável que, em algum momento, eles voltem a se falar.  Por isso eu não acredito que alguém possa “perder” um parente.

Agora, quando um amigo seu decide ir embora e não falar mais com você, isso é muito doloroso. Quando isso acontece porque você o fez antes, e foi embora e não falou mais com ele, isso é pior ainda…

Parente é como bumerangue, por mais que você o jogue longe, ele sempre volta. Pode demorar, mas volta.

Amigos, nem sempre…

A todos os meus amigos: eu os amo!!! A todos, indistintamente!!! Vocês, a quem eu escolhi como minha segunda família, são uma parte muito importante da minha vida!!! Amigos com quem tenho um relacionamento próximo, outros com quem perdi um pouco do contato, alguns com quem perdi quase todo o contato, um ou outro com quem não troco mais palavra: eu os amo!!!

Deus os abenções a todos vocês, parte imprescindível da minha existência!!!

Anúncios

Comentários»

1. . - 16/02/07

Que o Pai Celestial o ilumine nesta nova estapa da sua vida também, amigo.

2. André Simões - 22/02/07

E amigo que promete copiar a discografia do Chico e fica enrolando, você ama também?

3. Simone - 22/09/07

Eu creio que estou passando por uma situação de estar perdendo uma amizade, um alguém que simplesmente virou as costas e não falou mais comigo…
É muito triste e dói muito…
Muito obrigada por deixar este texto disponível na Internet. Ele fala ao fundo de nossos corações.

4. Pedro - 1/02/08

numa coisa tem razão, a gente escolhe nossos amigos, numa certa altura da minha vida escolhi mal os amigos
gente ruim que eu ajudei e de quem fui amigo, mas eles não estiveram nem ai, chegou um dia e eu disse “chega!”.

eu me livrei dos meus “amigos”.

doi, é triste, magoa a gente perder amigos, mas se eles nunca mereceram nossa amizade, então é seguir em frente e arranjar verdadeiros amigos, que de certeza andam por ai..

5. helem - 16/07/08

é muito triste a dor da perda de um amiiga pq cada amigo que temos deiixa um lugarziinho muito especial em nosso coraçao..

verdadeiros amigos nunca esqueceremos…

6. sirlei - 23/04/09

amigos, o que seria da gente se não tivesse um amigo para dividir as alegrias e as dores do dia a dia, mas amigos nos fazem sorri as vezes nos faz chorar, as vezes pega pesado, mas estes são os verdadeiros amigos, pois eles não da asas a nossas imaginação, eles nos mostra as realidades da vida e está sempre do nosso lado rindo ou chorando, eu sei que podemos contar com eles para o que der e vier. ja sofri muito com falsos amigos confiei e depois chorei pois não era o que eu imginava. ai eu descobria que estes era os meus amigos RAZÃO aqueles que vem por alguma razão e pela mesma razão nos deixa sofrendo numa grande solidão….. tudo bem valeu a pena………amigo do meu coração.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: